Chengdu

Antes de voltar a Kunming para pegar o vôo para Chengdu, ainda em Lijiang consegui visitar a piscina do dragão, um belo parque que possui um lindo lago, com uma pagoda no meio, e uma montanha chamada “Montanha do Elefante”. Como o tempo permitia, resolvi conferir o visual lá de cima! 360° de vista da cidade, muito lindo!

Lijiang - Piscina do Dragão
Lijiang - Piscina do Dragão

Em seguida, fui à estação e peguei um trem noturno para Kunming. Como de costume, eu era a única ocidental no vagão inteiro, e os olhares curiosos me observavam constantemente. Já estou até me acostumando…

Enquanto as luzes estavam acesas, fiquei estudando no Lonely Planet como eu deveria, no dia seguinte, ir para o aeroporto a partir da estação de trem de Kunming. Parecia tranqüilo e, quem poderia imaginar, dessa vez realmente foi! Meus anjos novamente me ajudaram, e me apresentaram no ponto de ônibus a Feng, uma chinesa de Beijing que falava inglês muito direitinho. Ela estava voltando de férias, e também ia pro aeroporto. Fomos juntas. Chegando lá, fiz o check-in e ainda tinha umas 2 horas de espera até a hora do embarque. Sentamos para tomar café no KFC e a Feng quis pagar o meu! Eu insisti para eu pagar, mas em determinado momento ela me rendeu dizendo algo do tipo: “Vocês pagam cada um o seu. Mas eu sou chinesa, aqui é nosso costume convidar os outros.” Agradeci imensamente, e mais ainda a excelente conversa! Muito bom poder conhecer e entender um pouco de uma cultura tão diferente!

Chegando em Chengdu, consegui encontrar meu hostel sem maiores problemas. Pouco tempo depois já fui dar uma volta na cidade. Passei pela praça Tianmen, onde há uma imensa estátua de Mao Tsé Tung. Aliás, aqui na China tudo é mais ou menos imenso. Estações de trem, aeroportos, praças, avenidas… em todo canto tem algo imenso!

Praça Tianmen - Estátua Mao Tsé Tung
Praça Tianmen - Estátua Mao Tsé Tung

No dia seguinte fui visitar um parque onde os chineses fazem um belo trabalho de criação de pandas em cativeiro. Pandas, pandas gigantes e pandas vermelhos. De acordo com a informação deles, os pandas estão se reproduzindo mais em cativeiro, com a intervenção humana, do que se estivessem soltos. Para a recuperação de uma espécie quase ameaçada de extinção, essas são boas novas!

Vimos dezenas de pandas no local. Parecem bichos de pelúcia, nem dá para acreditar que são ursos de verdade! E quem poderia imaginar que esses pequerruchos vão virar, alguma hora, esses grandalhões! Achei o panda vermelho o mais bonito de todos! Parece mais uma raposa do que um urso!

Panda Vermelho
Panda Vermelho
Baby Panda
Baby Panda
Panda Gigante
Panda Gigante
Parece Bicho Preguiça
Parece Bicho Preguiça

Depois de estar embriagada de tanto ver pandas, eu e um francês que conheci no parque fomos a Leshan, uma cidade a 2 horas de Chengdu. Lá está localizada a maior estátua de Buddha do mundo (mais uma das grandiosidade chinesas), com 78m de altura!!! Realmente incrível! E a estátua foi toda escavada na terra!

Escadaria Para Chegar Nos Pés
Escadaria Para Chegar Nos Pés
Eu e a Estátua
Eu e a Estátua
Buddha Gigante
Buddha Gigante

Meu próximo destino, um parque nacional de nome bem complicado, a 10 horas de ônibus da capital da província, e que dizem ser imperdível: Jiuzhaigou.

This entry was posted in Viagens. Bookmark the permalink.

9 Responses to Chengdu

  1. Marcia Barros says:

    Os pandas são lindos. Tbm gostei do vermelho, ele parece que saiu de uma fábula. Nossa, que Budha fantástico. Bj, Marcia

  2. Willy Chen says:

    Alo Chantal,

    Que menina corajosa, andança sozinha no meio da sul da China.
    Foi a Marcinha me passou essa blog maravilhosa de relatos aventuras.
    Tiro chapéu por você de autentica andarilha, muito parabéns.
    Sou de Taiwan, por acaso incluindo no seu caminho, tenho irmãos em Taipei, Ok, só falar.
    Vou continuar seguir seu blog, mais um fã no site.

    Abs, Willy 1109.1724

    • admin says:

      Willy!!!! Você por aqui?!!!! Que prazer!!! Sabe que lembrei de você outro dia?! Pensei: “estou na terra do Willy”! Mas não sabia que você é de Taiwan… eu pensei em ir para lá também, mas acho que por agora fico mais um tempo na China. Talvez depois consiga um vôo baratinho pra lá!
      Será ótimo conhecer seus familiares!!! Se eu for para lá, te aviso!!!
      Beijo grande!

  3. simone says:

    que lindo o panda vermelho!!!! amei.
    amei o Buda gigante e amei ver a mais linda de todas: você!

  4. Beto Bassoth says:

    Chan, minha linda, que encanto tua viagem!!!
    Fico imaginando o quando gostaria que outros teus estivessem consigo para compartilhar tanta beleza e culturas diferentes – mas aqui nos encantamos e nos contemos com as palavras e belas imagens do teu blog.
    Curta cada orvalho, cada segundo de beleza e plenitude. Sei que tudo será muito bem retratado em memória e coração, além dos seus registros!!!
    Beijo e uma bela estrada pra você.
    Aqui estamos e ficamos submersos em saudade e alegria.
    Beto

    • admin says:

      Queridãaao! Puxa, meu maior prazer seria compartilhar de verdade isso com todos vocês… por isso mantenho o blog!
      Também estou com muitas saudades de todos vocês, e só mesmo essas novidades e maravilhas pelo caminho para me ajudarem a aguentar a distância de vocês!
      Beijo grande e saudoso!

  5. Beto Bassoth says:

    ah… as fotos estão fan-tás-ti-cas!!!!! não imagina que era tão boa nisso.
    parabéns!!

    • admin says:

      Acho que, tirando tantas fotos, estou percebendo o quanto ainda tenho que aprender nessa arte! Mas obrigada mesmo assim, querido!
      Beijos!

Comments are closed.