O Que É, O Que É?

Tem natureza exuberante, pássaros, árvores, muito verde, frutas deliciosas, faz calor e chove muito mas não é o Brasil?
A maior parte da população é hindu, vestem uma roupa tipo sari, fazem oferendas, alguns pintam nos rostos o terceiro olho mas não é a Índia?
Tem umas das melhores praias de surf e de mergulho do mundo mas não é a Austrália?

Então? Descobriram?

Se ainda não, aí vão mais algumas dicas:
É conhecida mundialmente pelos seus artigos de decoração em madeira e seus panos.
Bebe-se um bom café e come-se bem!

E algumas outras dicas não tão agradáveis assim:
É uma ilha em zona de risco de terremotos e tsunamis, mas não é o Japão.
Já foi palco de atentados terroristas mas não é Israel.

Em Taiwan peguei um vôo noturno com escala em Singapura e, na manhã seguinte, carimbei o passaporte em outro destino há muuuuito tempo cobiçado: Bali! A famosa e paradisíaca ilha de Bali, na Indonésia.

Bali é um pouco de tudo o que mencionei antes. Engraçado que, assim que pus os pés fora do avião, transportada pelo aroma dos incensos, me senti na Índia! Quando vi os balineses então, morenos de pele vestindo sarongs, especialmente simpáticos, me perguntei se não tinha pego o avião errado. Mas quando vi aquele tom de verde estampado em cada direção para a qual se olha, percebi que não era muito bem a Índia. Aquilo tinha mais cara de Mata Atlântica, de Rio de Janeiro!

Rua Do Meu Hotel
Rua Do Meu Hotel

Carente como nunca de sol e calor, assim que cheguei no hotel deixei o mochilão (que, cá entre nós, apesar de amigo para todas as horas, ultimamente nossa relação tem estado meio estremecida.  Só de pensar em carregá-lo…) e fui imediatamente para a praia! Lá, comi minha primeira refeição balinesa: tofu com molho de amendoim e mais outros ingredientes não-identificados.

Muito Tofu
Muito Tofu

O vendedor, muito simpático, quis saber tudo de mim: nome, de onde sou, quantos dias de férias, pra onde vou, etc, etc, etc… taí outra semelhança com os indianos!

Vendedor De Rua
Vendedor De Rua

Querem ver outra semelhança com indianos e brasileiros? Aí vai:

Vidão
Vidão

Nada como o dolce far niente na beira da praia! Mas, cuidado! Até mesmo um pacato programa na praia pode ser perigoso. Especialmente em zona de tsunamis!

Um Medinho
Um Medinho

Quando vi essa placa, imediatamente dirigi o olhar para a praia, me certificando de que não vinha em minha direção nenhuma onda gigante. Haha…

Mas, bom, em algum momento a gente tem que relaxar, não é? Logo, logo esqueci a placa, esqueci os tsunamis, e me concentrei nas novidades que não paravam de ser registradas no meu cérebro. Não sei se esta é uma época especial na ilha de Bali ou se essas atividades fazem parte do dia-a-dia dos balineses, mas é incrível como em cada metro quadrado existe uma oferenda! Nas portas das casas e dos estabelecimentos, nos templos, dentro dos carros, no quarto do hotel…

Oferendas
Oferendas
Mais Oferendas A Caminho
Mais Oferendas A Caminho

E, lá pelas tantas, uma procissão!

Procissão
Procissão

Assim foram meus dois primeiros dias no sudeste da ilha de Bali! Muito sol, muito verde, muito tofu, muita oferenda…. Nada mau para quem passou quase 4 meses semi-congelada na China. Sol e calor sob medida, com um banhozinho de água do mar,  nada melhor!

This entry was posted in Viagens. Bookmark the permalink.

2 Responses to O Que É, O Que É?

  1. Marcia Barros says:

    Mas que danada!!!Isso deve ser muito bom, aproveita amiga.
    Certa vez conversei com um músico que toca harmonico e é Hare Khrisna, ele gravou um CD com várias versões do Maha Mantra, de acordo com as diversas regiões da Índia. Tem ritmo que parece samba, chachado, etc. Ele também falou destas semelhanças que vc observou.

    • admin says:

      Obrigada, Marcinha! Pode deixar que tou aproveitando muito essa ilha!!! A gente tem que marcar uma viagem juntas pra cá!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook