Yangshuo

Antigamente conhecida como o paraíso dos backpackers, Yangshuo reserva aos aventureiros que ali chegam uma paisagem realmente espetacular: rochas sedimentares espalhadas ao longo de todo o horizonte que, quando combinadas com um dia de céu azul e um belo rio, são de tirar o fôlego.

Ali é também o recanto dos escaladores, e durante minha visita à cidade aconteceu o Rock Climbing Music Festival. Se a cidade já fica normalmente cheia nos finais de semana, neste então era chinês pra todo lado! Milhares e milhares deles! A China tem a capacidade de encher qualquer lugar em questão de minutos!!! Não sei onde se escondem todos eles no dia-a-dia! E como eu já não tenho grande predileção por lugares tão cheios, (aliás, foi-se o tempo em que eu tolerava aquele empurra-empurra pra assistir algum show), é claro, não durei muito no festival chinês…

Preparando Pimenta
Preparando Pimenta

Preferi, ao invés, curtir a natureza durante o dia. Aluguei uma bike e, antes de me aventurar pelas estradinhas ao redor da cidade, perguntei no meu hostel que trilha eles me indicariam… me sugeriram uma trilha de umas 3 horas, me deram um mapa e lá fui eu!

O passeio foi uma maravilha: quase ninguém pedalando pelas estradas de terra à beira de plantações de tangerina e aquelas mini-laranjas (comi um monte!), rodeadas de montanhas exuberantes!!! E, sol!!! Lá pelas tantas, não encontro mais meu mapa… mas, tudo bem, aparentemente eu já estava no caminho de volta à cidade, não ia ter erro. E, de fato, passadas 4 horas, enfim retorno à civilização! Mas, doce ilusão, a cidade aonde tinha chegado não era Yangshuo! Certamente me perdi no meio do caminho sem o mapa… nem acreditei quando vi uma placa que dizia Yangshuo – 10km! Final de tarde, o dia estava ensolarado, céu azul, e mesmo pedalando o frio já começava a se manifestar… e eu ainda tinha mais 10km de pedal?!?! Ai ai… cada roubada que me meto.

Por Onde Pedalei
Por Onde Pedalei
Yangshuo e Yulong River
Yangshuo e Yulong River
Yangshuo
Yangshuo

No caminho, os camponeses preparam caquis secos!!! Ainda não experimentei, mas já entrou na lista!

Secando Caqui
Secando Caqui

Voltei exausta do pedal, mas valeu! Um visual realmente fascinante!

Voltando a Guilin, nada muito agradável me espera: uma queda absurda na temperatura. Em um dia, máxima de 22˚C e mínima de 12˚C. No dia seguinte, máxima de 12˚C e mínima de 7˚C???? E no outro dia, máxima de 10˚C e mínima de 4˚C??? What’s going on??? Pois é, pessoal, agora o inverno chegou de verdade! E eu estou congelando!!! Vamos ver quanto tempo aguento nessa friaca?!

This entry was posted in Viagens. Bookmark the permalink.

6 Responses to Yangshuo

  1. Marcia Barros says:

    Coitado do anjo da guarda, quando vc der férias pr China é que ele não vai. Muito interessantes estes caquis. Chan, cada lugar, hein? Yangshuo lembra o Vale Sagrado no Peru. Deus abusa. Beijão, te cuida.

    • admin says:

      hahaha… podes crer, Marcinha. Tou dando trabalho pra ele!
      Puxa, não conheço o Vale Sagrado!!! Temos que ir pra lá!!! Bora organizar?!
      Beijão!

  2. Bia Fontoura says:

    Chanchan!! Eu não fazia ideia desta deslumbrante viagem! Estava revendo uns emails antigos quando me deparei com teu album da Patagônia. Como o Kiko tá indo no final do mês, resolvi enviar via email pra ele….e pra minha surpresa, fiquei sabendo da tua viagem e do blog – which, btw, tá maravilhoso!
    hope all is great em terras asiáticas! vou te acompanhando por aqui…
    beijo imenso!
    saudades,

    Bia

    • admin says:

      Biaaaa!! Que legal te ver por aqui!!! Bem-vinda!!!! Pois é, falei com o Kiko sobre a Patagônia (que, aliás, é outro lugar incrível, tenho que voltar lá!).
      Que bom que tá curtindo o blog!!! Essas terras asiáticas são tudo de bom, Bia!!!! Muita coisa interessante por aqui! Muitos lugares belíssimos!
      Vamos nos falando!
      Beijo grande!

  3. simone says:

    Pedala, Chang Chang!
    hahahahahahaha, o anjo da guarda tá mesmo ralando muito.
    se tivesse me escolhido, teria uma vida mais sedentária! hahahahahahahaha
    beijos, meu amor, não congele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook