Aberto Para Balanço

Depois de quase 5 dias em Hanoi e um doutorado em como atravessar ruas, é hora de dar tchau ao Vietnã. Não, é claro, sem antes passar 2 dias na charmosa cidade de Sapa, nas montanhas do extremo norte do país.

De todos os 4 países, foi no Vietnã que passei mais tempo. Me pergunto se isso indica que gostei mais dele do que dos outros. Talvez, mas pode ser também pelo fato de o país ser bastante explorado turisticamente e ter, portanto, inúmeras atrações. Tentando fazer um balanço da viagem até agora:

  • Tailândia: seria injusto dar qualquer opinião conclusiva antes de conhecer o que o país oferece de melhor: as praias e as ilhas. Do que vi, o norte, pouca beleza natural se destaca, belíssimos templos, comida bastante variada e disponível. Muito fácil de viajar, o país tem excelente infra-estrutura. As pessoas falam relativamente bem o inglês, a comunicação é mais fácil. Turistas não são tão importunados.
  • Laos: Muito verde, linda paisagem junto ao Rio Mekong, interessante por ainda não ter se transformado demais em função do turismo. A comunicação por lá é difícil. Os habitantes são simpáticos, mas muitas vezes nota-se um interesse por trás. As crianças são as mais felizes (aparentemente). Os sucos, deliciosos, e o país possui um belo artesanato. O estilo de vida é incrivelmente tranqüilo e as estradas, relativamente precárias.
  • Camboja: também não conheci muito do país. Mas por onde passei, percebi as pessoas simpáticas mas extremamente importunas. Sítio histórico mais interessante e belo de todos, comida bem saborosa e sucos deliciosos. As estradas são boas para serem percorridas de dia, evitar à noite. Massagens as mais variadas!
  • Vietnã: dele falo mais à vontade. Conheci de sul a norte, e convivi 3 dias com um vietnamita. Peculiar senso de humor, parecem querer aproveitar a vida mas nem sempre conseguem. Alternam entre o descanso e o stress: jogam baralho na rua em pleno meio-dia, mas demonstram extrema ansiedade no trânsito. Não vivem sem buzina, e o trânsito é o mais caótico jamais visto. A comida é bem variada. País mais caro que os outros, mas em compensação tem muito boa infra-estrutura. Belíssimas paisagens naturais e o que ainda pode ser visto de virgem no país em termos de cultura é fascinante. Não demonstram algum interesse pelo turista a não ser pelo seu dinheiro. Alguns turistas dizem ter sentido preconceito da parte deles (não foi o meu caso).

Me despeço destes 4 países onde fui, na maioria esmagadora das vezes, muito bem recebida e tratada. Houve, sim, alguns pequenos incidentes no decorrer do caminho, mas que não resultaram em maiores prejuízos emocionais nem materiais. Em outros casos, uma boa dose de instinto somada a uma boa pitada de experiência carioca me ajudaram a já de cara desconfiar de algumas mutretas e, portanto, evitá-las. Àqueles que pensam em visitar estes países, das duas, uma: podem contratar um tour organizado e esquecer da vida, ou podem vir com suas antenas bem sintonizadas e ficar bem atentos. Atenção é pré-requisito nestes países, deveria ser solicitado junto com o visto. Afinal, sem atenção, é bem capaz de você ser reprovado na prova mais elementar de como atravessar ruas!

Enfim, apareçam! Estes 4 belos países ainda têm muito a ser desvendado!

This entry was posted in Viagens. Bookmark the permalink.

8 Responses to Aberto Para Balanço

  1. simone says:

    ChanChang, e agora??? qual a próxima parada? Não vivo mais sem este blog!

  2. Celso says:

    Chan, Estou aqui em Leme, SP, em um encontro de chorinho de uma semana,mas mesmo assim acompanhando o seu blog (estava ate mostrando para um amigo de viola0). Parabens! todos concordamos que esta fantastico! estou adorando! Faco coro com a Simone: Qual o próximo destino?

    • admin says:

      Que legal, Celso! Levando meu blog para a roda de choro!!! rsrs
      Dá uma olhada lá no próximo Post pra ver onde tou agora!
      Bj

  3. Marcia Barros says:

    Vou copiar o ChanChang, gostei. A pergunta que não quer calar. E agora? tenho certeza que vc expandiu muito a sua consciencia nesta viagem. O olhar foi geral e particular ao mesmo tempo. Voce apreendeu, compartilhou. Muito bacana isso. O ganho terá vários aspectos. O Cristo Redentor está te esperando. Bj no coração, Marcia

    • admin says:

      Obrigada, querida Marcinha! Sempre por aqui! Você é um amor!
      Eu nem sei ainda mensurar o que e o quanto aprendi, mas tenho certeza que tou expandindo minha consciência! Mas ainda quero mais, vou ficar mais um tempinho por aqui!!! É tão difícil vir para esses lados que, quando a gente vem, tem que aproveitar ao máximo!
      Beijo grande!

  4. Izabel says:

    Chaaaaaaaaaan que viagem maravilhosa é essa mulher???
    Nossa, fiquei aguada para conhecer esses lugares. O Well quando ver vai ficar doido quando ver. Ele sempre fala que ainda vamos fazer algo assim… mas isso é algo pro futuro (uns 7 aninhos pelo menos).
    Enquanto isso vou namorando seu blog.
    Aproveite bastante, quando voltar, passaremos uns dias em Búzios para vc nos contar detalhes da viagem. Um beijo grande.
    Bel.

    • admin says:

      Grande companheira de Patagônia!!! Seja muito bem-vinda aqui, Izabel!!!
      Puxa, daqui a 7 anos é tempo demais!!! Mas ainda assim, melhor que nada!!!
      Quando eu voltar, vamos pra Búzios, sim!! Vou adorar! Super obrigada pelo convite!
      Beijo grande também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook